sexta-feira, 12 de novembro de 2010

BOLINHA AMARELA



Poema para a Lola (minha cãopanheira)

Minha Lola é pequenina,
e muito peludinha
Quando vê uma bolinha
fica danadinha

Corre, corre atrás dela
com as patas saltitantes
e da tal bolinha amarela
não tira os olhos em nenhum instante

Essa Lola é fofinha
Tenho orgulho da minha menininha
quem dera todos fossem
Tão feliz quanto a minha cachorrinha

Leva a vida sossegada
e adora dar lambidas,
mas quando vê a tal bolinha
fica toda assanhadinha!
(Gisele Colombini Kominich)

A Lola ama uma bolinha, gosta de todas, mas essa amarela por ser plástica ela não consegue pegar e fica doida, é uma graça ver ela atrás da bolinha!

Tenham todos um ótimo dia, espero que divirtam-se com o vídeo da Lola com a bolinha amarela!

Beijinhos da Gigi e Lambeijokas da Lola

4 comentários:

  1. Me diverti com o vídeo e o poema também ficou muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Essa Lolá é doidinha mesmo, onde já se viu ficar assim por causa de uma bolinha hehehe

    Beijos

    Davy

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaaaaaaadoramos ver a Lolinha na ativa!! Olívia ficou aqui prestando atenção nos latidinhos... hehehe Muuito, muito, muito gostosa!! :)

    E o poema é a cara dela: lindo e fofo!!

    Beijocas e bom feriado, meninas!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lolinha kelida,
    Eu e mamys audoramos o poeminha que sua mamãe fez pra aucê... lindo.
    E nos divertimos muito cão o seu vídeo, audoramos quando sua mamys coloca vídeos seus no blog, aussim podemos te ver fauzendo arte.
    Lindo domingo pra aucê florzinha
    Lambeijinhos carinhosos

    ResponderExcluir

Oi Aumiguinhos e aumiguinhas ficaremos muito feliz com os seus cãomentários...Obrigada...Lambeijokas da Lucy e Babi